4 doenças que evitamos com a higienização das mãos

higienização-das-mãos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Será que fazemos a higienização das mãos de maneira correta? De acordo com a Anvisa, a ordem mais adequada de lavar as mãos é passar o sabonete, espalhando entre os dedos, palmas, dorsos e os pulsos, fazendo movimentos diferentes para que a espuma se distribua. Isso tudo durante 30 ou 60 segundos, que é o tempo ideal para uma lavagem de mãos completa.

Mas não é só o sabão que tem o poder para acabar com as bactérias. Você sabia que a higienização das mãos também pode ser feita com álcool gel?

O álcool em gel funciona como um microbicida, matando os microorganismos em poucos segundos. Além de possuir ação residual que significa que o tempo de proteção se prolonga por algum tempo, bem parecido com o funcionamento dos sabonetes líquidos.

E não se engane o álcool em gel não resseca as mãos, como muitos acham. Pelo contrário, como o formato é em gel suas propriedades agem protegendo e hidratando a pele.

Além disso, um dos pontos fortes é a praticidade, quando não houver uma pia perto de você para fazer a higienização das mãos, utilize o álcool em gel! Você pode carregá-lo por onde for, é a possibilidade de proteção a qualquer momento!

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, se feita a higienização das mãos continuamente, as chances de contrair doenças infectológicas podem diminuir em até 40%.

Mas quais doenças infectológicas podemos evitar? Vem ver!

Gripe

De origem viral, a gripe é transmitida por meio de gotículas de saliva ou secreções nasais que contêm o vírus. É uma das doenças mais comuns no mundo todo, causada pelo vírus Influenza que pode ser de três tipos, A, B e C. A do tipo A foi a responsável pela pandemia H1N1 em 2009, que deixou todos alerta para a higienização das mãos.

Os sintomas variam entre cansaço, indisposição, dores musculares, corrimento nasal e dor de garganta. Um desconforto que pode ser evitado com alguns cuidados como: alimentação saudável e higienização correta das mãos.

Por isso, lembre-se sempre de lavar as mãos com água e sabão, além de utilizar o álcool gel em seguida para acabar de vez com qualquer possível transmissão.

Conjuntivite

Passamos o dia todo tocando diversas coisas: o celular, o mouse do computador, o copo de beber água, cumprimentamos as pessoas com aperto de mãos ou um beijo no rosto. E em cada uma dessas situações não lembramos de higienizar nossas mãos depois, e quando menos esperamos já estamos com a mão no olho.

É nesse esquecer que a conjuntivite pode acontecer! A doença é causada por reações alérgicas a poluentes ou substâncias irritantes (fumaça, cloro, produtos de limpeza ou de maquiagem) e existem diferentes tipos de conjuntivite: alérgica, tóxica, bacteriana, viral e infecciosa. Mas as mais comuns são a infecciosa e a alérgica.

De acordo com o blog do Dr. Drauzio Varella, uma das principais recomendações para o tratamento de conjuntivite é evitar coçar os olhos com as mãos, mas se coçar é indispensável higienizá-las sempre!

Bronquiolite

A bronquiolite é uma infecção nos bronquíolos, ramificações dos brônquios que levam oxigênio aos pulmões. A doença ataca principalmente crianças de até 2 anos de idade e os sintomas vão de chiado no peito, nariz congestionado, febre, tosse até vômito e respiração ofegante.

Um dos principais motivos dessa doença atacar mais os bebês é porque o sistema imunológico deles ainda não está maduro o suficiente para combater o agente viral. E também porque muitas vezes o pegamos com as mãos sujas.

Já vimos então que mão suja é sinônimo de possível contágio de doenças. E é por isso que uma mãe precavida pede para todos lavarem as mãos antes de pegar suas crianças: puro cuidado! Portanto, podemos muito bem evitar esses tipos de doenças simplesmente higienizando as mãos.

Vai visitar um recém-nascido? Lembre-se da higienização das mãos e de passar aquele álcool gel que fica dentro da bolsa ou do carro.

Salmonella

A Salmonella é uma bactéria bastante conhecida e temida. Quando diagnosticada pode causar intoxicação alimentar, quadro diarreico, febre alta e fadiga.

A transmissão se dá de várias formas, seja pela ingestão de alimentos contaminados por fezes de animais ou pela presença de bactérias na nossa mão. Mas na nossa mão? Sim, sua própria mão, se mal lavada, pode ser casa para bactérias que se acumularam todas as vezes que você foi ao banheiro durante o dia. E é ali que a Salmonella pode se proliferar!

Então tenha cuidado! Previna-se e higienize bem suas mãos com sabão e álcool em gel. E não esqueça de lavar muito bem os alimentos que for consumir e sempre tome água tratada.

Higienização das mãos com comodidade

Todas as dicas para evitar essas doenças tão comuns do dia a dia são bem básicas, mas de extrema importância. Com um pouco de atenção e dedicação é possível adequar cada um desses cuidados à nossa rotina.

Alguns pequenos passos a cada dia vão te ajudar. Por exemplo, sempre que for ao banheiro faça a higienização das mãos e lembre-se de contar os 60 segundos. E claro, tenha sempre perto de você, seja dentro da bolsa, do carro ou até mesmo do bolso um mini álcool em gel para passar em seguida.

E foi pensando nessa comodidade para higienizar as mãos que preparamos toda uma linha Asseptgel para uso pessoal! Venha conhecer mais sobre nossos produtos!

Posts Relacionados

Quer conhecer mais?

Informe seu melhor e-mail abaixo para assinar nossa Newsletter e receber informações sobre lançamentos, novidades e links para as publicações mais recentes.

Logo-ft-start
Asseptgel© Copyright 2020 – Todos os direitos reservados.